Adotar um Cão | CachorroGato

Adotar um Cão

O que você precisa saber se quiser adotar um cão

A adoção de animais tem se tornado uma prática muito comum entre pessoas que procuram um companheiro de quatro patas para ter em casa. Adotar um cão, além de trazer alegria ao lar, também faz muito bem para o próprio cachorro, que agora vai ter sua própria casa e não vai mais precisar viver na rua ou em um espaço onde ele se sinta abandonado e não querido.

Muito já falamos sobre o cachorro vira-lata ou também conhecidos como cães sem raça definida, contudo, em geral, os cães são animais fundamentalmente carentes, gostando de ter uma família que os dê carinho e a quem ele também possa dar carinho e é possível dizer que cachorros adotados costumam ser ainda mais dóceis e carinhosos com as pessoas que os adotarem. Adotar um cão significará ganhar uma enorme fonte de carinho.

Adotar um cão

O comportamento indócil dos cachorros adotados costuma ser devido à sua vida antes de ser levado para uma casa confiável. Muitos desses cães vêm das ruas ou de locais onde não eram bem tratados, o que os fazem assustados e hesitantes nas primeiras aproximações, mas quando eles percebem que seus novos donos são confiáveis e só querem dar carinho, os cachorros se entregam e buscam retribuir o carinho da melhor forma possível.

É comum que o cão adotado se apegue bastante ao seu dono e até seja muito mais carente, querendo sempre estar perto. Porém, com pessoas de fora, ele pode tanto ser carinhoso quanto um pouco agressivo, portanto o dono deve prestar atenção no comportamento de seu cão e ensiná-lo a se portar da forma mais adequada.

Onde eu posso encontrar cães para adotar?

Leia Mais: Cães e Gatos x Cigarro – A batalha

Em grande parte das cidades do país existem canis especializados no resgate de cachorros de rua, que os tratam e disponibilizam para adoção, além dos centros de zoonose dirigidos pelas prefeituras e outros espaços coordenados por ONGs protetoras dos animais.

Quais são os cuidados que devem ser tomados ao adotar um cão?

É preciso conviver um pouquinho com o cão antes de adotá-lo, para ter alguma ideia da personalidade, comportamento, manias, etc. Dono e cachorro precisam estar em sintonia e se darem bem, por isso é aconselhado visitar algumas vezes o local onde o cão está antes de levá-lo definitivamente para casa.

Geralmente os centros de zoonose e os canis se responsabilizam pela castração e vacinação dos cães que estiverem disponíveis para serem adotados ou, quando isso não acontece, eles podem indicar algum lugar que faça esses serviços a um preço reduzido ou até mesmo gratuito.

É fundamental que a saúde do cão seja checada detalhadamente antes de levá-lo para casa, para evitar problemas tanto para as pessoas da casa quanto para o próprio cãozinho. A castração, especialmente, é muito recomendada.

Cão filhote ou cão adulto?

É mais comum que cães colocados para adoção, principalmente em abrigos, sejam vira-latas, ou seja, uma mistura de raças, o que faz com que seja mais difícil prever aspectos de seu desenvolvimento como quanto ele irá crescer até atingir a fase adulta ou como será sua personalidade.

Um filhote de vira-lata, então, acaba precisando contar com a “sorte” do dono ao escolher um cão que se encaixe no que ele espera do companheiro adotado, mas, apesar disso, um filhote também é mais fácil de adestrar e de ensinar os hábitos da casa, pois ele ainda não possui manias.

O adulto, por outro lado, já mostra ao dono traços de sua personalidade e o seu tamanho definitivo, porém também já vem com alguns costumes e manias. Isso não deve ser visto pelo dono como um problema muito grande, pois com o correto adestramento e modo de tratamento em casa, também é possível adequar o cão aos costumes da casa.

Cachorros vira-lata são estrelas de documentário especial

Em função do grande número de cães vira-lata abandonados pelas ruas do País, um projeto especial foi iniciado há cerca de seis anos. Tendo o livro batizado de “Vira-Latas: Os verdadeiros cães de raça” como ponto de partida – mostrando fotos super especiais do dia-a-dia dos cachorros SRD (sem raça definida) espalhados pelo Brasil - o idealizador do projeto e publicitário Tiago Ferigoli seguiu com esforços para aumentar o nível de conscientização da população brasileira em relação ao grande problema que é, nos dias de hoje, o abandono de cachorros.

Documentário Vira-Latas

A partir disso, e já pensando em arrecadar fundos que pudessem, de alguma forma, ajudar um pouco mais estes simpáticos e ignorados cães, Ferigoli apostou no lançamento da marca Animi – que atua com a confecção de peças de vestuário que têm imagens de cachorros vira-lata como estampa, sendo eu parte da verba arrecadada com a venda das camisetas da marca é revertida para ajudar o mundo dos cães abandonados.

No entanto, ambas estas ações não foram o suficiente para que o idealizador do Projeto Vira-Latas se desse por satisfeito e, agora, Tiago conta com a ajuda de uma série de parceiros da internet (incluindo o portal CachorroGato) para eu seja viabilizado o lançamento da sua mais nova e completa obra dedicada aos cachorros: o Documentário Vira-Latas.

Filmado ao longo do último ano, o longa-metragem sobre o mundo dos vira-latas no Brasil aborda uma série de questões importantes e fundamentais para acabar com o ‘preconceito’ que ainda existe nos dias de hoje contra os cachorros que não contam com uma raça definida – mostrando desde a atuação dos CCZs (Centros de Controle de Zoonoses) na tentativa de ajudar os cães SRD abandonados até a conotação negativa que o termo ‘vira-lata’ ainda tem no Brasil; dificultando ainda mais que esse tipo de animal esteja entre os mais desejados para adoção.

Contando com a participação e a colaboração de personalidades brasileiras como o cantor Ronnie Von, o comediante Danilo Gentili, a atriz Juliana Didone, o ator Caco Ciocler, o ex-BBB Mau-Mau e a socialite Cozete Gomes, o documentário sobre o mundo dos vira-latas tem como principal objetivo a conscientização da população em relação aos cães sem raça definida – mostrando como o carinho, a inteligência e o apego destes cachorros pode ser tão grande (ou até maior) que dos cães com pedigree e incentivando a adoção dos vira-latas; para que possam, enfim, receber todo o carinho e a atenção que realmente merecem.

Recebendo doações da população interessada em ver o filme nas telas de cinema de todo o País (em troca de agradecimentos nos créditos do longa e de brindes Animi, dependendo do valor), o Documentário Vira-Latas, ao arrecadar todo o valor que necessita por meio do site Kickante, será o primeiro filme lançado com apoio 100% popular.

Aproveite e faça já a sua doação!!



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/adotar-um-cao/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães, Fases da Vida dos Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
adoção, adotar, amante, cachorro, cachorros, cães, cão, considerar, cuidar, decisão, fatores, frequente, pet, pets, praticar

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados